Igreja Batista da Concordia
ISRAEL
PARASHÁ TETSAVÊ (Ordena)

PARASHÁ TETSAVÊ (Ordena)

15 de fevereiro de 2014 (5774)

 

SHEMOT (Êxodo) Ex 27: 20 a 30:10

 

Resumo da Parashá

 

·  O Eterno ordena que a Menorá do Mishkan (tabernáculo) deveria ficar permanentemente acesa com azeite puro que deveria ser doado pelo povo.

·  Arão e seus filhos: Nadabe, Abiú, Eleazer e Itamar, são escolhidos como sacerdotes.

·  As roupas sacerdotais são descritas em detalhes por Deus a Moisés.

·  Os rituais de santificação são designados e detalhados em seguida.

·  Uma atenção especial é dada para o altar de incenso, e este incenso jamais poderia ser outro que não o descrito.

 

 

Versículos de Destaque

 

Ex 29: 4 – “Então farás chegar Arão e seus filhos à porta da tenda da revelação e os lavarás, com água”.

 

Compare com Mateus três, versículos de treze a dezessete: Então veio Jesus da Galiléia ter com João, junto do Jordão, para ser batizado por ele. Mas João o impedia, dizendo: Eu é que preciso ser batizado por ti, e tu vens a mim? Jesus, porém, lhe respondeu: Consente agora; porque assim nos convém cumprir toda a justiça. Então ele consentiu. Batizado que foi Jesus, saiu logo da água; e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito Santo de Deus descendo como uma pomba e vindo sobre ele; e eis que uma voz dos céus dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo”.

 

E ainda com João um, versículos trinta e dois e trinta e três: “E João deu testemunho, dizendo: Vi o Espírito descer do céu como pomba, e repousar sobre ele. Eu não O conhecia; mas O que me enviou a batizar em água, Esse me disse: Aquele sobre quem vires descer o Espírito, e sobre ele permanecer, Esse é o que batiza no Espírito Santo”.

 

Ex 29: 45 --  “Habitarei no meio dos filhos de Israel, e serei o seu Deus”.

 

 

Aplicação da Parashá e Haftará Ez 43: 10 a 27

e textos do Novo testamento

 

 

Na parashá anterior, Terumá, o texto fala sobre a construção detalhada do tabernáculo em si. Continuando, nesta parashá, o mobiliário, forma de prestação de culto, o material a ser empregado nos ofícios e seus oficiantes, são designados por Deus. No segundo “versículo de destaque”, vemos o objetivo do Altíssimo: habitar no meio de um povo santo, santificado por ELE mesmo.

Entretanto, queremos chamar a atenção para um pequeno detalhe das escrituras, o qual é muito importante no que tange ao Mashiach; é o que está descrito no primeiro versículo dos “versículos de destaque”.

Arão é um “tipo” de Cristo (sobre “tipos”, leia a parashá Noach = Noé). Assim como ele foi escolhido por Deus para oferecer os sacrifícios no tabernáculo, Cristo fez do Seu próprio tabernáculo, isto é, do Seu próprio corpo, um sacrifício único, de uma vez por todas, oferecido aO Eterno na cruz do Calvário, cumprindo tudo o que na Lei estava escrito a Seu respeito. O Livro dos Hebreus foi escrito demonstrando em detalhes o que acabei de dizer. Leia-o.

Para ser um “tipo”, tem de haver certas similaridades entre os personagens.

Ressaltei o fato de Arão ter sido lavado com água antes de começar suas atividades como oficial dos rituais sacrificiais. E o interessante é que o ato se deu entre o altar dos sacrifícios e a porta da tenda. O que significa tudo isto? Cristo era e sempre será santo, porém quis ser batizado como os outros homens, se irmanando com a humanidade, para sofrer por todos nós, até a morte de cruz. Fez-se o próprio cordeiro para o sacrifício. Nas escrituras a água simboliza a palavra de Deus, e Yeshua é o verbo de Deus (Jo 1: 1 – 5). Como Arão fora “batizado”, foi por isto que O Mestre disse a João: “consente por agora, porque assim nos convém cumprir”. Glórias a ELE, a palavra de Deus é inerrante.

Ambos foram batizados antes de entrarem na tenda. Dentro da tenda há o candelabro que simboliza a santidade do Altíssimo e Seus sete Espíritos. Lá dentro Arão experimentaria da presença do Espírito Santo. Cristo ao ser batizado, assim que saiu da água, foi batizado também, no Espírito Santo (viram o Espírito descer sobre ELE na forma de uma pomba). A partir de então, Yeshua começou o Seu ofício, semelhante a Arão. Lendo o texto abaixo, o qual se encontra na carta de Paulo aos Colossenses, no capítulo um, dos versículos dezessete ao vinte e dois, fica fácil compreendermos os planos divinos: “Ele (Yeshua) é antes de todas as coisas, e nEle subsistem todas as coisas; também Ele é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio, o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência, porque aprouve a Deus que nEle habitasse toda a plenitude (do Espírito Santo),e que, havendo por Ele feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dEle reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, tanto as que estão na terra como as que estão nos céus. A vós também, que outrora éreis estranhos, e inimigos no entendimento pelas vossas obras más,  agora contudo vos reconciliou no corpo da sua carne, pela morte, a fim de perante Ele vos apresentar santos, sem defeito e irrepreensíveis”.

Antes de Sua partida desta terra, Yeshua prometeu que nos enviaria o Seu Espírito, ou seja, como foi dito na parashá anterior (Terumá), a Shechiná ficaria conosco. Aleluia!!!

E para completar, leiamos ainda o texto que se encontra no Livro aos Hebreus, capítulo nove versículo doze: “...e não pelo sangue de bodes e novilhos, mas por seu próprio sangue, entrou uma vez por todas no santo lugar, havendo obtido uma eterna redenção”.

Glórias sejam dadas eternamente a ELE por tão grande sacrifício!!!

 

Sobre a haftará, não me delongarei em explicações sobre este templo descrito em Ezequiel. Mas os estudiosos e teólogos modernos concordam que se trata do templo do milênio.

A haftará começa a partir do versículo dez do capítulo quarenta e três. Mas lendo o versículo sete, fica claro o que acabei de dizer. Leiamos: “ E disse-me: Filho do homem, este é o lugar do meu trono, e o lugar das plantas dos meus pés, onde habitarei no meio dos filhos de Israel para sempre; e os da casa de Israel não contaminarão mais o meu nome santo, nem eles nem os seus reis, com as suas prostituições e com os cadáveres dos seus reis, nos seus altos”.

Sabemos que só no reino milenial O Eterno tirará completamente o pecado de Israel e fará morada no meio de nós.

Maranata!!!

 

I João 1: 7 --  “mas, se andarmos na luz, como ELE na luz está (Menorá e Shechiná), temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus seu Filho nos purifica de todo pecado”.

 

 

E o futuro de Israel, após serem todos crentes em Yeshua e cheios do Espírito Santo, será maravilhoso. Leia Joel 2: 28 a 32.

 

Um profundo e sincero SHALOM a todos!!!        

 

 

Autor: Sílvio Simões Maia



Comentários

Seja o primeiro a fazer um comentário.
Deixe seu comentário A IGREJA BATISTA DA CONCÓRDIA reserva-se o direito de não publicar comentários ofensivos, palavras indecorosas, links, propagandas e todo o conteúdo que venha a violar a política do site. O seu endereço de e-mail não será publicado.







Igreja Batista da Concórdia
Rua Tamboril, 515 | Concórdia
31110-640 | Belo Horizonte | MG
(31) 3442-3081 | contato@ibconcordia.org